Sereia (Santos Lulu)

Clara como a luz do sol Clareira luminosa Nessa escuridão Bela como a luz da lua Estrela do oriente Nesses mares do sul Clareira azul no céu Na paisagem Será magia, miragem, milagre Será mistério Prateando horizontes Brilham rios, fontes Numa cascata de luz No espelho dessas águas Vejo a face luminosa do amor As ondas vão e vem E vão e são como o tempo Luz do divinal querer Seria uma sereia ou seria só Delí­rio tropical, fantasia Ou será um sonho de criança Sob o sol da manhão