Natasha (Capital Inicial)

Tem dezessete anos e fugiu de casa Às sete horas na manhã no dia errado Levou na bolsa umas mentiras pra contar Deixou pra trás os pais e o namorado Um passo sem pensar Um outro dia, um outro lugar Pelo caminho, garrafas e cigarros Sem amanhã, por diversão, roubava carros Era Ana Paula, agora é Natasha Usa salto quinze e saia de borracha Um passo sem pensar Um outro dia, um outro lugar O mundo vai acabar E ela só quer dançar O mundo vai acabar E ela só quer dançar, dançar, dançar Pneus de carros cantam Thuru, thuru, thuru, thuru Tem sete vidas mas ninguém sabe de nada Carteira falsa com a idade adulterada O vento sopra enquanto ela morde Desaparece antes que alguém acorde Um passo sem pensar Um outro dia, um outro lugar Cabelo verde, tatuagem no pescoço Um rosto novo, um corpo feito pro pecado A vida é bela, o paraíso é um comprimido Qualquer balaco ilegal ou proibido Um passo sem pensar Um outro dia, um outro lugar O mundo vai acabar E ela só quer dançar O mundo vai acabar E ela só quer dançar, dançar, dançar O mundo vai acabar E ela só quer dançar O mundo vai acabar E ela só quer dançar, dançar, dançar Pneus de carros cantam Thuru, thuru, thuru, thuru